ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

domingo, outubro 01, 2006

 

«Novidade» editorial


«De entre as muitas modas literárias, destaco duas: a de se querer ser da nossa época e a de não se querer ser de época nenhuma. Ah! como são numerosos os livros marcados com este ferrete: o «querer ser»! Defesa dos falsos artistas, a vontade de ser isto ou aquilo serve para mascarar de intenções a pobreza da realização. «Nós queremos que a arte seja»; «nós não queremos que a arte seja, etc….» E por aí fora, dos manifestos anunciadores às obras, num sem fim de voluntarismos. Ora, querer ser é a melhor maneira de não chegar a ser.» (Adolfo Casais Monteiro, De Pés Fincados na Terra, p. 69).
A Imprensa Nacional, nas Obras Completas de Adolfo Casais Monteiro, lança em Outubro De Pés Fincados na Terra. Um dos melhores livros de crítica literária alguma vez publicados entre nós, esgotado há décadas, do melhor crítico literário português do século XX (coisa diferente de se ser influente, conhecido ou reconhecido). Como escrevi o prefácio, que me honra mas que sai diminuído pela comparação com os textos de Casais, prefiro não me alongar. Estou certo que a crítica, jornalística, académica, especializada, etc., irá dar o devido destaque ao caso. Como é normal.
CLPosted by Picasa



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?