ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

sexta-feira, setembro 08, 2006

 

Sintomas acríticos

Recomendava eu há dias «paciência» a Sérgio Lavos, a respeito de «esquecimentos voluntários cuja elegância dispensa comentários»… Pois no Mil-Fohas de hoje, o mesmo Augusto M. Seabra que ainda ontem nomeei, refere os meus posts de há uns meses sem me nomear, ou ao Esplanar, mesmo quando reproduz o título desses posts («A crítica não morreu, mudou de função»). Repito-me, paciência, é um estilo, ou falta dele.
Dizia mesmo a Sérgio Lavos que até há coisas piores… e não é que Seabra me confunde com EPC?! Aquilo é uma confusão, até o velho Gaspar Simões é chamado ao caso, mas mesmo assim entristece. Mas não espanta, já a 17 de Junho, no Mil-Folhas, Seabra escrevia, num artigo ilustrado com a capa do livro do João Pedro George Não é fácil dizer bem (Tinta da China, 2006) a seguinte pérola: « “Não é difícil dizer bem” é título sintomático (…)». Pois é, sintoma da confusão que vai na cabeça de quem escreve assim, sempre em querelas e sem responder às perguntas e «questões cruciais» que inventa, julgando que basta insultar os outros (sem sequer acertar no nome) como «pseudo» argumentadores. E imaginando-se (não se riam) «meridianamente claro». Sintomatologia grave.
CL



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?