ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

quarta-feira, agosto 30, 2006

 

A seguir

Num post scriptum à sua coluna no Público de hoje, Manuel Queiró comenta uma notícia recente que passou quase despercebida. A descoberta de uma técnica de desenvolvimento de células estaminais a partir de fetos humanos que não precisa de os destruir. Claro, a descoberta ainda está a anos de aplicações práticas, tal como, aliás, os benefícios médicos da técnica. Mas o ponto de Queiró é fazer ver como foi «decisivo» ter proibido a utilização dos fetos para se chegar a esta descoberta. As forças do progresso seriam, afinal, as conservadoras. A falácia está em, na nova técnica, os fetos serem usados na mesma - e por isso memso o Vaticano já anunciou (com toda a sua lógica, conservadora) que ainda se trata de uma forma de usar o ser humano como um meio, pelo que as questões éticas permanecem por resolver. Nada disso incomoda Queiró, que ilustra bem qual a função das associações «laicas» nos debates públicos: defendem o mais conservador da Igreja para esta poder até parecer progressista, mantendo sempre os mesmos argumentos. Fica a nota, à atenção dos interessados no próximo referendo.
CL



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?