ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

sexta-feira, julho 14, 2006

 

Mulheres na TV

Não, não é um post sobre o festival erótico na FIL.
Só uma dúvida que regularmente me assalta, agora a propósito da entrevista (ontem) de Maria João Avillez a José Sócrates: por que motivo as entrevistadoras televisivas deste país são todas tão más?
Exagero? A meu ver o único sinal de racionalidade neste problema das mulheres entrevistadoras foi dado pelos terríveis espanhóis que compraram a TVI para dar cabo dos valores lusitanos que esta tão bem cultiva(va), quando puseram fora do ecran a horrorosa Moura Guedes. Mas basta pensar nas outras: a Marante, a Avillez, até - o George que me perdoe - a Constança. Tanto vazio e peneiras tão hipercompensado com trivialidades e má educação. Sócrates, ontem, teve de se conter.
E as «culturais»? A soporífera Sousa Dias, a vulgaríssima Ferreira Alves e a tonta Mota Ribeiro? Querem mais triste?
Bem sei que em alguns casos há explicações lógicas, como a «gentrification» da Bárbara quando se juntou ao então ministro da Cultura, similar a um caso mais recente, aliás. Bem sei que também há muitos jornalistas péssimos.
Mas o ponto é outro: jornalistas, entrevistadores, comentadores, etc. no masculino há óptimos e péssimos; no feminino, o péssimo predomina de tal modo que parece ser o único que tem procura. O destaque a dar às mulheres depende de reproduzirem o pior dos homens?
O irónico é que as aterantivas seriam boas, mas andam desperdiçadas em horários impensáveis (como Fernanda Freitas, que apresenta um programa no canal 2 às 14h dos dias de semana) e em funções anódinas (Teresa Pina, na SIC Notícias).
Mesmo assim há excepções à regra, como Clara de Sousa? Sim, mas não devia chegar.
CL



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?