ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

quinta-feira, janeiro 05, 2006

 

Leitoras atrevidas

Cara Leitora,

Saiu-lhe a sorte grande! O meu namorado já não tem tesão há dois anos. Os comprimidos dão-lhe cabo da pichota. Ao menos o seu ainda é capaz de pôr uma casa a cheirar a cona. Do que eu me tenho apercebido, os homens hoje preferem pôr creme no rosto, comprar roupa, olhar-se ao espelho. Sexo? Nem vê-lo! As minhas amigas, sem excepção, dizem-me: uma, duas vezes por mês, se tanto. O seu namorado acorda-a de noite, género troglodita? Pois dê-se por muito feliz. Você deve ser das mais satisfeitas mulheres da história da humanidade.
E deixe-se dessas mariquices. Está a escrever um romance? Já leu a Inês Pedrosa e a Rita Ferro? Essas, sim, precisam de escrever romances. Uma mulher que escreve romances, para mim, só poder ser por uma razão: anda mal fodida. O que não é, manifestamente, o seu caso. Depois de a ler... fiquei mordida de inveja...

Vitalina Figueiredo, Bragança

Comunicado
O autor deste blogue não se responsabiliza pelas opiniões das leitoras e dos leitores.



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?