ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

domingo, janeiro 29, 2006

 

AMIGOS

Quantas pessoas trabalham directa ou indirectamente no meio literário? Umas centenas. E todos serão amigos uns dos outros? É que ser AMIGO e apenas conhecer são coisas ligeiramente diferentes. Se todos são AMIGOS uns dos outros, caramba!, as minhas felicitações. É que eu nem vinte amigos tenho. Logo, por que é que se torna impossível evitar escrever sobre os nossos AMIGOS? Desconfio que é por isto: os conhecidos (não os AMIGOS) são tantos (todos?) que a crítica frontal reduz substancialmente o acesso aos escassos recursos que por aí circulam (e serão eles assim tão escassos)?



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?