ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

quarta-feira, março 30, 2005

 

Perolas do jornalismo

Há dias, trazia a Sábado esta deliciosa notícia, intitulada: “Auster vem a Portugal”:
“O êxito de Paul Auster em Portugal está a provocar um fenómeno curioso: a editora que publica o autor (ASA) decidiu recuperar romances mais antigos e publicá-los. Aconteceu assim em Fevereiro com Pensei Que O Meu Pai Era Deus, lançado nos Estados Unidos em 2001, segue-se agora Música Ao Acaso, um romance publicado em 1991, mas que só chegará em Maio a Portugal. A apresentação será feita pelo próprio Paul Auster que vem a Portugal nessa altura.”
Ponto 1: Extraordinária esta capacidade de arrumar quatro vezes a palavra “Portugal” num texto tão pequeno.
Ponto 2: Quando fala do “êxito” que “está a provocar” Auster entre nós, não estará o autor da peça a confundi-lo com Dan Brown ou J.K. Rowling? É que não foi, seguramente, agora que Auster começou a vender por cá, aliás, já vendeu, por certo, muito mais que hoje.
Ponto 3: Será reeditar “um fenómeno curioso” e não uma prática absolutamente comum?
Ponto 4: A ASA, uma das maiores, senão a maior casa editorial nacional, merecerá ser tratada assim: “a editora que publica o autor (ASA)?
Ponto 5: Saberá quem escreveu isto que Pensei Que O Meu Pai Era Deus é uma antologia de contos de uma série de autores, que Auster não escreve uma linha e apenas compendiou os textos?
Ponto 6: Quando diz “Música Ao Acaso”, estará a falar de A Música Do Acaso (The Music Of Chance)?
Ponto 7: “Só chegará em Maio a Portugal”?! Não está, há muitos anos, esse livro publicado entre nós, mas por outra editora?
Enfim, uma pequena pérola. Ou de como dizer o maior número de disparates possível em apenas 300 caracteres. Valha-nos que o homem, ao menos, vem mesmo cá.
Alexandre



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?