ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

sábado, janeiro 15, 2005

 

O Trabalho

A edição do DNA desta semana traz um perfil do realizador José Pinheiro. Do Zé Pinheiro, melhor dizendo. Trabalhei com o Zé Pinheiro – e toda a malta do Nervo – num programa de televisão chamado “O Trabalho”. Em 2001, penso. A ideia-base consistia em filmar profissionais de diversas áreas – desde mineiros a técnicos da TAP, passando por agricultores biológicos e funcionários em barragens - e depois fazer das filmagens e das suas declarações uma espécie de videoclips. A banda sonora desses videoclips partia sempre dos sons de cada uma dessas profissões. Eu era apenas o jornalista de serviço, mas na ficha técnica aparecia generosamente como o editor da coisa. Fui muito bem acolhido por aquela equipa admirável – o grupo já havia feito, por exemplo, o memorável Pop Off – e, por uma daquelas químicas inexplicáveis, não demorei muito tempo a integrar-me. O Miguel Nogueira fazia parte desse time maravilha. O Miguel, o Zé, o Paulo Prazeres, o Tó Forte, o João Pedro Gomes e o Tiago Lopes. Bons tempos esses (onde, no meio da corrida contra os prazos, houve até um momento de gritaria). O Daniel Oliveira, como autor do conceito do programa, também aparecia de vez em quando. Durante dois, três meses, estivemos instalados em casa do Zé Pinheiro (ali na rua do Salitre), em sessões contínuas de dar-no-duro. Com alguns jogos de Fifa pelo meio, como convém a estas coisas. Tenho-me cruzado com o Miguel, o João Pedro e o Prazeres. Mas nunca mais vi o Zé Pinheiro. Reencontrei-o hoje, no quiosque da esquina. Nuno



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?