ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

quinta-feira, janeiro 06, 2005

 

Memória

Lembro-me bem de achar o Eternal Sunshine of the Spotless Mind falacioso. Eles sabem, porque ouviram nas respectivas cassetes, o que e por que correu mal, mas não têm memória disso. Sabem, cerebralmente, mas verdadeiramente não se lembram, emocionalmente. Se se lembrassem, mais do que apenas soubessem por ouvir dizer, duvido que continuassem. É um daqueles casos em que saber só não chega. Assim – e se excluirmos a bondade da ideia de que a noção clássica da cara metade é trunfo – resta apenas um comício; terno, muito bem feito, imaginoso, belo, mas um comício ainda assim. Uma falsa consciência como qualquer outra, uma ideologia tão emancipadora como o marxismo-leninismo de Bernardino Soares. Até porque é justamente tudo aquilo que se tem de fazer para enterrar alguém em nós, em vida, que torna difícil o continuar depois como se nada fosse; como se nada fosse, não: como se isso não fosse a negação mesma daquela pessoa em que, entretanto, nos tornámos. Rui



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?