ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

quinta-feira, novembro 25, 2004

 

Crítica Literária Relax

O Maneirismo foi uma resposta ao Renascimento. O Barroco surgiu em oposição ao Maneirismo. O Neoclassicismo foi uma reacção ao Barroco. O Romantismo insurgiu-se contra o Neoclassicismo. O Realismo opôs-se ao Romantismo. O Modernismo procurou ultrapassar o Realismo. O Neo-Realismo quis ultrapassar o Modernismo. O Surrealismo e o Existencialismo afrontaram o Neo-Realismo. E agora, face ao esgotamento das últimas tendências criativas, teóricas e críticas da literatura portuguesa, eis que começa a nascer uma nova corrente literária, a Literatura Relax. A Literatura Relax, bem como todos os seus derivados, Ultra-Relax, Sobre-Relax, Neo-Relax, Pós-Relax, Super-Relax, assume-se como uma orientação estética em clara oposição à Literatura Light. A literatura portuguesa, sob a nefasta influência da Literatura Light, anda ao deus-dará. A Literatura Light é um estorvo. A Literatura Light é um empecilho, um obstáculo ao surgimento de um novo ideário estético e poético. Basta de livros pastelosos, rebuscados e pataratas. Acabem com as estopadas! Chega de trapalhices! Ponha-se um fim ao imperialismo da Literatura Light! A Literatura Light não passa hoje de um motor gripado. A Literatura Light chegou a um beco sem saída filosófico, histórico e científico. A Literatura Relax é a alternativa! Com a Literatura Relax acabaram-se os empadões literários, acabaram-se as pílulas retóricas. A Literatura Relax é um motim literário, é uma estalada, um bofetão em todos os cultores da Literatura Light.
Assim como há uma poesia Relax e uma ficção Relax, existe também uma crítica literária Relax. Uma crítica que vem tornar obsoleta a actual crítica literária. A crítica Relax é uma crítica preguiçosa, indolente e cábula. Com a crítica literária Relax o crítico não precisa de fazer quase nada, não precisa sequer de ler as contracapas e as badanas dos livros. A crítica Relax é uma espécie de minuta onde o crítico só tem de introduzir o nome do escritor, bem como o título da obra e da respectiva editora. Com a crítica Relax basta preencher os espaços em branco. A crítica literária Relax é uma crítica para pensamento rápido e mão veloz. Desembaraçada e intensa, é o ideal para todo o tipo de livros. É muita emoção numa só crítica. Coleccione-as! Vai divertir-se imenso! Esta crítica faz tudo. Até faz inveja aos seus colegas do jornal. Descubra a origem de uma crítica saudável. Descubra a crítica Relax.

Minuta nº 1 da Crítica Relax

(_____)* é um livro revolucionário que vai libertar os seus sentidos. O novo livro da (_____)** é um desafio constante até à última página. (_____)*** coloca-nos a adrenalina ao rubro, leva-nos a um mundo totalmente novo onde terá de combater ferozes personagens, num cenário de intensa aventura. (_____)* é o livro que diz mais acerca de si. No mínimo um grande livro. É difícil viver sem ele!

* Preencher com o título do livro.
** Preencher com o nome da editora.
*** Preencher com o nome do escritor.

Minuta nº 2 da Crítica Relax

Rápido, intenso, extraordinário... são meras palavras quando se pretende definir (_____)*. No seu livro mais recente, (_____)** faz-nos rir e chorar com inúmeros pormenores para viver as mais incríveis peripécias. A última novidade das publicações (______)*** inclui personagens articuladas para passar momentos repletos de emoção. (______)* é um lugar especial que esconde muitas surpresas. (______)* é uma bonita história de amor e de amizade. No Natal não perca este livro das (_____)***. Por que espera para o adquirir?

* Preencher com o título do livro.
** Preencher com o nome do autor.
*** Preencher com o nome da editora.

Minuta nº 3 da Crítica Relax

O mais recente livro de (______)* põe aventura na sua rotina. Com tesouro escondido, passagens secretas e ilusões espectaculares. Mais colossal é impossível! Entretenimento total, como você gosta. (____)** vai fazê-lo viver desafios de cortar a respiração. (____)** é o livro mais louco que alguma vez leu. Com personagens apetitosas, deliciosas, aveludadas, irresistíveis. Mmm... mesmo a calhar! Leia hoje o novo livro do autor de (____)***. A não perder! Para quê esperar? Experimente! Veja a vida com outros olhos! Seja responsável. Leia com moderação.

* Preencher com o nome do escritor.
** Preencher com o título da obra.
*** Preencher com um título anterior do mesmo escritor.

Preencha a sua minuta. Envie-nos a sua crítica!

João Pedro




<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?