ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

domingo, agosto 01, 2004

 

Mas antes disso...

Chego ao aeroporto às 6h30. O bilhete garantia-me que o voo seria às 8h00. Mas, hoje, a Portela parece o Purgatório e milhares de almas, carregando nas malas os haveres que pretendem levar para a vida eterna, amontoam-se em cada um dos milhares de metros quadrados do terminal. Há urros, encontrões, choros, gritos, crianças a voar, lado a lado com copos McD0nald's, velhinhos a fazer corridas com os carrinhos da bagagem, hospedeiros de terra a ponderar o suicídio.

Eu estou de directa e rabugento como nunca.
Dizem-me que o avião não sairá antes das 10h30.


Penso no genocídio.

Pago 1€ por um café, 1€70 por uma água e 3€65 por um croissant misto minúsculo. Agradeço à senhora da cafetaria em inglês, porque, sem que me tenha dado conta, devo ter entrado, com certeza, no aeroporto de Londres.

Penso outra vez, seriamente, no genocídio.
Põem-me em classe executiva. Mas não é assim que compram os meus instintos assassinos.

O meu avião não partiria antes das 11h40.
Sou assaltado por um carinho curioso por todos os psicopatas e sociopatas do mundo.
Está calor. Muito calor.
Lembro-me de Camus, do seu estrangeiro e dos motivos que lhe legitimavam pôr fim à vida do primeiro gajo que lhe passasse ao lado.
Penso se demorará muito tempo fazer 1500km de barco.
É um final em grande para um ano interminável.

Culpo o Sampaio, o Santana, o Afonso Henriques, o José Eduardo Moniz, o Papa, as embalagens de cereais e as campanhas publicitárias dos telemóveis.
Estou pronto para um corpo-a-corpo com aquela gente toda.
Entro no avião.
Cerro os punhos.
... Adormeço.

Assim não dá! Que espécie de vilão sou eu?
Não me lembro de um único assassino em série fechar a pestana. Buuááá!!!
Alexandre



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?