ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

terça-feira, julho 13, 2004

 

O iogurte com pedaços de ironia

No dia 12 de Junho, a poucas horas do jogo inaugural do Euro, fui ao supermercado abastecer-me, convenientemente, de mantimentos para a temporada que arrancaria. Só o essencial à vida humana: alguns six-packs, bolachas, aperitivos, café, cereais, leite e iogurtes. Estes, reparei ao colocá-los na caixa, tinham prazo de validade precisamente até 4 de Julho, o dia da final - achei, desde logo, uma coincidência magnífica - quem resistiria mais: os iogurtes ou a selecção? O Rui Costa ou os pedaços de morango?
Dois dias antes do derradeiro Portugal - Grécia, os últimos iogurtes tinham deixado entrar ar e já estavam estragados. Por uma vez, perdia uma aposta, feita, de modo sinistro, para mim próprio. E ficava feliz com isso.
No dia da final, tive de fazer o pequeno-almoço com outra coisa qualquer, mas lembrei-me como é vantajoso para quem escreve que os azares da vida sejam sempre óptimo material literário.
Alexandre



<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?