ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

segunda-feira, julho 19, 2004

 

From China, with hate

A China habituou-nos ao pior. Desde aquele imperador que mandou queimar tudo quanto tinha sido antes escrito, para que não houvesse prova histórica de qualquer chefe anterior a ele, até Mao, à revolução cultural, quinze milhões de agricultores e familiares mortos à fome e meninas virgens levadas ao leito do idiota, para a preservação da raça.
Nunca compreendi, de resto, como alguns se podem dizer tranquilamente, maoistas e não ser, de pronto, apedrejados, dado que o lugar de Mao Tse Tung é ao lado de todos os outros grandes cobardes do Século XX, Hitler e Estaline à cabeça.
Mas o inferno na terra não terminou com a morte de Mao. O Tibete permaneceu anexado, meninas continuaram a ser mortas para que a população não aumentasse mais, Tiananmen entrou pelos televisores do mundo inteiro.
Em todo o mundo, incluindo Portugal, os líderes chineses continuaram a ser recebidos com honrarias e cortesias. João Soares até ofereceu a chave da cidade de Lisboa a Jiang Zemin.
Hoje, que notícias insistem em chegar do país do sol nascente? Que por causa de uma barragem mastodôntica se expropriou um milhão de habitantes e que Jiang Yanyong, o médico responsável pela denúncia do massacre de estudantes, bem como do encobrimento governamental da pneumonia atípica, está, actualmente, a sofrer um tratamento de reeducação forçado que lhe mude a forma como pensa.
Será assim tão difícil ter vergonha na cara?
Alexandre




<< Home


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?