ESPLANAR

JOÃO PEDRO GEORGE
esplanar@hotmail.com

quarta-feira, janeiro 31, 2007

 

A pedido de várias famílias...

Talvez à média de uma por semana, são já várias as mensagens para a caixa do Esplanar ou para a minha que perguntam/exigem que também aqui ocorra a retoma. As respostas têm seguido directamente, mas para economizar tempo e prevenir repetições, convém explicar algumas coisas.
O Esplanar tem dois nomes. O João Pedro, por motivos que me explicou e que eu compreendo (e mais não digo porque ele escolheu não o fazer), deixou de escrever. Eu nunca quis um blog, e se continuasse a escrever fá-lo-ia noutro, de raiz. Sem o João Pedro o Esplanar não faz sentido e, quanto a mim, agora que passou a circunstância que nos juntou aqui, não sinto falta de blogs. Até porque, como disse antes de escrever no Esplanar e mantive durante, a blogoesfera é acima de tudo prolongamento de um espaço mediático cada vez menos público. O público assim o quer, e nem sequer a menção a públicos diferenciados me parece ainda relevante para diferenciar ‘nichos’. E o cansaço faz o resto. Nem eu nem o João Pedro damos importância ao caso para decretar o fim de actividades – nem prometemos não voltar, bem entendido.
Dito isto, fico sempre surpreso, pela positiva, quando chegam as perguntas/desafios. E como tenho notado que, sejam elas de cá ou do Brasil, costumam ser de leitores que também escrevem (profissionalmente ou não, pouco importa), devolvo o convite. Sem um único órgão de comunicação em Português que me apeteça seguir diariamente, por que não fazer um jornal num blog? Levar o modelo do 5Dias até algo novo, talvez com sete pessoas a escrever, todas, diariamente (uma média de dois posts cada, digamos). Todos teriam de tocar vários instrumentos (política, cultura, desporto, etc.), sem repetir o mainstream nem praticar o jogo das citações e salamaleques cruzados. Perder tempo com canalhas ou anónimos nem vale a pena referir, espero. Só factos e argumentos. 14 posts por dia assim valiam mais do que qualquer dos nossos jornais, não vos parece?
Para quem sente a falta do Esplanar aqui fica o desafio. Falo por mim, não pelo João Pedro, mas comprometo-me: se se juntarem seis, não deixarei se ser o sétimo. Repito que continuo a não esperar milagres de qualquer meio, electrónico ou outro, nem a alimentar expectativas a respeito do interesse do público ou do mercado em algo como o que descrevo, por isso ando (como nunca deixei de fazer) a exercitar-me noutros formatos e línguas. Mas como gosto das vossas notícias, aqui fica mais este post. E obrigado.
CL



--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Arquivo

Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007  

Outros Blogues

Abrupto
Alice Geirinhas
Álvaro Cunhal (Biografia)
AspirinaB
Babugem
Blasfémia (A)
Bombyx-Mori
Casmurro
Os Canhões de Navarone
Diogo Freitas da Costa
Da Literatura
Espectro (O)
Espuma dos Dias (A)
Estado Civil
Fuga para a Vitória
Garedelest
Homem-a-Dias
Estudos Sobre o Comunismo
Glória Fácil...
Memória Inventada (A)
Meu Inferno Privado
Morel, A Invenção de
Não Sei Brincar
Origem das Espécies
Portugal dos Pequeninos
Periférica
Prazeres Minúsculos
Quarta República
Rui Tavares
Saudades de Antero
Vidro Duplo











Powered by Blogger

This page is powered by Blogger. Isn't yours?